Manuais escolares são gratuitos mas pais sentem os custos do restante material escolar

LivrosEscolares2016A.jpgO ano escolar chegou ao fim. Alguns alunos ainda têm exames para fazer, mas os estudantes do primeiro e segundo ciclo só regressam às aulas em Setembro.

Nesse mês estão garantidos novos livros, cadernos e restante material escolar, que no que toca aos pais, é um custo severo nas carteiras.

O governo prevê no próximo ano manuais escolares gratuitos para o primeiro ao sexto ano. Mas em Campo Maior alguns pais referem que o restante material escolar é caro, como o caso de Susana Pedras, que tem um filho que passou para o segundo ano.

A decisão do governo não abrange os livros de atividades. Apenas os manuais são gratuitos. Estas medidas não incluem alunos do ensino privado.

No último dia de aulas, Francisca Damião veio buscar o neto ao Centro Escolar Rui Nabeiro. A avó assume que o ensino exige muito material.

Luís Damião tem quatro filhos e aplaude estas medidas ainda que os alunos sejam proibidos de escrever nos livros para que possam ser reutilizados.

Caso os livros sejam devolvidos em mau estado os encarregados de educação podem ser obrigados a pagar os respetivos livros.

Oiça as declarações nos noticiários

Share on FacebookTweet about this on Twitter