Erasmus+: Alunos de Campo Maior realizam mobilidade a Castellón de la Plana, em Espanha

A primeira mobilidade do programa Erasmus+ do qual o Agrupamento de Escolas de Campo Maior e a Secundária de Elvas fazem parte, vai decorrer em Castellón de la Plana, em Espanha, tendo em conta que a Universidade desta localidade é parceira no projeto.

Esta mobilidade decorre entre os dias 17 e 22 deste mês, e irão participar cerca de 38 pessoas, sendo que incide sobre o projeto ”H2O map”. Vanessa Algarvio, professora no Agrupamento de escolas de Campo Maior, explica que esta mobilidade incide sobre “os recursos hídricos e o uso de novas tecnologias para mapeamento de herança hidráulica, e a partir dos dados deste mapeamento, as universidades estão a criar uma multiplataforma que onde serão inseridos esses dados e a partir daí conseguem-se criar mapas interativos para fins turísticos, para uso ao nível da investigação, ou menos pelos municípios”.

Esta é a primeira mobilidade, do projeto, e na qual “será testada, pela primeira vez a aplicação que os alunos estão a desenvolver”, no âmbito do “H20 map”.

Esta é a primeira mobilidade do projeto ERASMUS+, sendo que a segunda está prevista para março do próximo ano, a Pavia, em Itália e, em 2023 serão os alunos de Espanha e Pavia que virão até Campo Maior e Elvas.