Empréstimo de 2,7ME para Ciclo de Santa Luzia foi cancelado

MocinhaA Câmara Municipal de Elvas decidiu cancelar o empréstimo, no valor de 2,7 milhões de euros, inicialmente contratado para a construção do novo ciclo de Santa Luzia.

“O pedido de crédito foi uma decisão tomada, por precaução, uma vez que caso a autarquia não conseguisse todo o financiamento para a obra, existia esta salvaguarda”. Atualmente, estando todo o investimento assegurado, Nuno Mocinha (na foto), presidente da câmara de Elvas, refere que “decidiram cancelar este empréstimo que nunca chegou a ser utilizado”.

A obra do novo ciclo de Santa Luzia teve início em 2019 e em Abril deste ano, aquando do regresso às aulas presenciais, recebeu os primeiros alunos.

Trata-se de um investimento total de 7,7 milhões de euros e conta com financiamento de fundos europeus e do Ministério da Educação