Número diário de novos casos Covid desce de forma acentuada em Campo Maior

JoaoMuachoO número diário de novos casos positivos de Covid-19 tem vindo a conhecer um decréscimo, desde a semana passada, no concelho de Campo Maior.

Os campomaiorenses, garante o presidente da Câmara, João Muacho, “foram postos à prova em janeiro”, mas, felizmente, a situação começou a inverter-se. “Na última semana, houve uma inversão do número de novos casos positivos em Campo Maior. A forma como os campomaiorenses se comportaram e agiram, durante aqueles 30 dias, ajudaram para inverter os número que estavam a crescer”, alega.

O autarca explica que a maioria dos casos registados, no concelho, e que “muito preocupou” a autarquia, não apresentou sintomas. “Algumas pessoas também tiveram situações de saúde muito complicadas e gostava de lhes dar um abraço solidário e lamentar a perda de vida de campomaiorenses”, diz ainda Muacho.

A situação mais complicada terá já sido ultrapassada, sendo que o autarca apela para que todos se mantenham em alerta, para evitar uma nova onda de infeções no concelho. “A luz ao fundo do túnel com a chegada das vacinas é já quase uma certeza e uma esperança para todos”, acrescenta.

Contudo, Muacho lembra que o registo de casos por cada cem mil habitantes ainda é “muito elevado”. “Importa cumprir todas as regras do isolamento e todas as normas emanadas pela Direção-Geral da Saúde, porque só assim podemos, todos juntos, ultrapassar esta fase menos boa”, remata.

Desde o início da pandemia, Campo Maior já registou 632 casos positivos de Covid-19, dos quais 594 já foram dados como recuperados. A doença já matou dez pessoas, no concelho.