Laboratórios do INIAV atraem “mão de obra qualificada”

MocinhaA obra dos novos laboratórios da antiga estação de melhoramento de plantas de Elvas já teve o visto do Tribunal de Contas, o que quer dizer que poderá começar em breve.

“Este é um projeto que conta com a colaboração de diversas entidades e que permite a fixação de mão de obra qualificada no concelho”, como nos referiu o presidente da câmara de Elvas, Nuno Mocinha.

“Cerca de 38 pessoas já contratadas, ligadas ao projeto do CoLab, vão fixar-se em Elvas e agora é preciso dar-lhes as condições para que possam associar a sua atividade à investigação, e daí a importância destes laboratórios”, sublinhou.

A obra do Centro de Valorização e Transferência de Tecnologia, nas instalações do Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária (INIAV), antiga Estação de Melhoramento de Plantas, em Elvas, representa um investimento de 894 mil euros.

Este laboratório resultado de uma parceria entre o Município de Elvas, a Universidade Nova de Lisboa, o Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária (INIAV) e instituições públicas e privadas, nacionais e estrangeiras.

O projeto InnovPlantProtect vai desenvolver soluções inovadoras de base biológica para a proteção das culturas mediterrânicas e novos métodos de deteção e rastreio de pragas e doenças.