BE de Portalegre quer encerramento imediato da Central Nuclear de Almaraz

CentralNuclearAlmarazÀ semelhança de outras forças políticas, também a comissão distrital de Portalegre do Bloco de Esquerda quer ver a Central Nuclear de Almaraz, em Cáceres, encerrada no imediato.

O coordenador distrital do partido, Higino Maroto, lembra que, nos últimos anos, têm sido vários os acidentes ocorridos, garantindo que Portalegre, Castelo Branco e Santarém podem vir a sofrer graves consequências com uma possível explosão.

Tendo em conta “os sucessivos acidentes que se vêm verificando, sem falsos alarmismos, dizemos que a central é um barril de pólvora que pode explodir a qualquer momento com resultados catastróficos”, revela o partido, em comunicado, adiantando que “o Bloco de Esquerda de Portalegre, Santarém e Castelo Branco estão unidos na luta pelo encerramento imediato da Central”.

Higino Maroto garante ainda que esta é uma luta para continuar, sendo um problema de todas as forças políticas e de várias associações ambientais. “Estaremos ao lado de todos os movimentos da sociedade civil, bem com de todas as organizações que lutam pelo mesmo objetivo”, remata.