Empresas abriram insolvência devido à pandemia de Covid-19

208615_433059053439511_227815244_nCom a pandemia da Covid-19 muitas empresas foram obrigadas a fechar portas. As insolvências aumentaram, a nível nacional, 32,3% face ao mês de juhlo do ano passado. Quanto ao distrito de Évora o aumento é de 26,9%.

Segundo Rui Espada, presidente do NERE alguns setores não aguentaram esta situação pandémica, como é o caso de empresas de exportações e empresas ligadas ao setor do turismo. Algumas empresas conseguiram reestruturar-se, mas optaram pelo teletrabalho para evitarem custos extra.

Com o país parado durante dois meses algumas empresas tiveram que pedir insolvência porque não conseguiram suportar os custos, enquanto outras estão a reestruturar-se, mas tiveram que proceder a despedimentos.

O NERE ajuda as empresas a fazerem candidaturas a projetos para se reerguerem, mas essas ajudas por vezes têm custos e há empresários que não estão em condições de investir, quanto outros aceitam as ajudas.