No regresso à escola, não esqueça a segurança rodoviária

Transporte-escola-criançasEsta semana, entre amanhã, dia 14 e sexta-feira, dia 18, marca o arranque do ano letivo 2020/2021 na maioria dos estabelecimentos de ensino do país.

As crianças, enquanto passageiros de veículos representam 50% de todas mortes por acidentes de viação nos países ricos. Caso a proteção não seja feita de forma correta, através dos sistemas de retenção, a probabilidade de morte em caso de colisão é muito maior, de acordo com a Direção Geral de Saúde.

Alexandra Henriques, da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária, alerta para “a importância do cumprimento das regras de segurança nos veículos que transportam crianças”

Também as forças de segurança têm um papel muito importante neste assunto e a vertente Escola Segura, da PSP, “vai voltar a estar junto dos alunos e dos encarregados de educação para apoiar neste regresso às aulas”, de acordo com o Intendente Nuno Carocha, do Gabinete de Imprensa e Relações Públicas, da Direção Nacional da PSP.

Já o tenente coronel Paulo Gomes, chefe da divisão de trânsito e segurança rodoviária da Guarda Nacional Republicana, reforça “a importância do uso do cinto de segurança que pode mesmo salvar vidas em caso de acidente”.

O regresso dos alunos aos estabelecimentos de ensino vai acontecer, na sua maioria, na próxima quinta-feira, dia 17, pelo que se prevê o aumento do fluxo rodoviário junto às escolas.