Alentejo com mais três casos de infeção por Covid-19

CovidTesteA região Alentejo regista, esta segunda-feira, dia 27, mais três (+0,4%) novos casos de infeção por Covid-19, mantendo as 21 mortes associadas ao novo coronavírus, segundo os dados da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Desde o início da pandemia, o Alentejo conta já com 691 casos de infeção.

A DGS atualizou a distribuição de infetados por concelhos, operação que agora é feita uma vez por semana, às segundas-feiras. Hoje, surgiram 13 alterações referentes aos últimos sete dias: Moura mais 14 casos, Odemira mais seis, Beja mais três casos, Sines mais três, Ponte de Sor mais dois casos, Ferreira do Alentejo mais dois, Évora mais um caso, Santiago do Cacém mais um, Grândola mais um caso e Mourão mais um. Reguengos de Monsaraz tem um caso a menos. Entraram na lista Vila Viçosa (três casos) e Arraiolos (dez casos).

Assim, os concelhos alentejanos com mais infetados, segundo números da DGS, são agora Reguengos de Monsaraz (154), Moura (94), Évora (74), Santiago do Cacém (35), Odemira (26), Beja (25), Grândola (24), Redondo (18), Elvas (15), Serpa (15), Sines (15), Alcácer do Sal (13), Arraiolos (10), Montemor-o-Novo (10), Vendas Novas (10), Almodôvar (10), Portalegre (8), Ponte de Sor (8) e Cuba (8).

Na última semana, no Alentejo, as percentagens diárias de aumento do número de pessoas infetadas têm sido as seguintes: segunda-feira 20 de julho 0,8%; terça 21 de julho 0,2%; quarta-feira 22 de julho 0,5%; quinta 23 de julho 2,2%; sexta-feira 24 de julho 2,1%; sábado 25 de julho 0,6%; domingo 26 de julho 2,5%; e segunda-feira 27 de julho 0,4%.

Pela sua saúde e pela saúde de todos, a Rádio Campo Maior aconselha a lavar ou desinfetar as mãos muitas vezes, manter uma distância mínima de dois metros com outras pessoas e usar máscara sempre fora de casa, agora com mais pessoas nas ruas.