Homicida de Beatriz Lebre fica em prisão preventiva

campus justiçaRúben Couto, que confessou ter matado a jovem elvense Beatriz Lebre, ficou em prisão preventiva, enquanto aguarda julgamento.

A decisão foi tomada este sábado, dia 30, depois de ser presente a primeiro interrogatório judicial, em Lisboa, tendo o homicida sido encaminhado para o Estabelecimento Prisional de Lisboa.