Projeto desenvolvido pelo CEAN vence prémio internacional

O projeto My Machine, desenvolvido no Centro Educativo Alice Nabeiro, em Campo Maior, assim como em estabelecimentos de ensino dos municípios de Óbidos e Vila Nova de Famalicão, foi selecionado como finalista do prémio Katerva, na categoria “Educação e Recursos Humanos”.

Para além desta nomeação ao prémio que é considerado por muitos o Nobel da sustentabilidade, revela o coordenador pedagógico do Centro Educativo Alice Nabeiro, Carlos Pepê, o mesmo projeto foi esta quinta-feira, 7 de maio, galardoado com o prémio Wise 2020.

“Foi uma surpresa boa, nesta altura do ano. O Wise 2020 é atribuído pela Fundação Qatar, um prémio muito importante a nível da educação. Fazemos também parte do grupo de 14 organizações que estão a ser premiadas a nível mundial, juntamente com o Wise e o Katerva, que são duas grandes plataformas de valorização de projetos inovadores na área da educação”, revela Carlos Pepê.

Implementado em diversos países, o projeto MyMachine tem como objetivo promover as áreas científicas e tecnológicas, através da implementação de uma metodologia que permite a colaboração entre crianças e alunos do pré-escolar, 1.º ciclo, ensino profissional e universitário, e outras entidades.

Ao abrigo deste projeto, são muitos já os engenhos pensados pelas crianças do Centro Educativo Alice Nabeiro, sendo que, para já, a Kusca foi o primeiro a sair do papel. Trata-se de um contador de pessoas, com utilidade em caso de catástrofe.