Alentejo regista uma vítima mortal e 62 casos de Covid-19

Covid 19 InfetadosO Alentejo registou a primeira vítima mortal devido à Covid-19, nesta sexta-feira 3 de abril. No Alentejo, os infetados subiram para 62.

Portugal tem 246 mortos e 9886 doentes infetados por Covid-19, de acordo com os dados mais recentes divulgados pela Direção-Geral de Saúde.

De ontem para hoje, em 24 horas, houve mais 37 mortos, mais 852 infetados, mais 16 pessoas hospitalizadas, mais dez doentes em cuidados intensivos e o mesmo número de casos recuperados. Os dados foram anunciados pela DGS, ao início da tarde desta sexta-feira, 3 de abril.

O número de mortos, no nosso País, de quinta para sexta-feira, subiu de 209 para 246, um aumento de 18%. No mesmo período, em Portugal, os casos de infetados cresceu de 9034 para 9886, um acréscimo de 9%.

O Alentejo registou a primeira vítima mortal e o número de doentes infetados, no Alentejo, nas últimas 24 horas, subiu de 59 para 62, um acréscimo de 5%. De acordo com dados fornecidos pela Direção-Geral de Saúde, no Alentejo, há 40 casos em sete concelhos: 15 em Évora, sete em Reguengos de Monsaraz, seis em Santiago do Cacém, três em Grândola, três em Sines, três em Beja e três em Serpa. Os 22 casos restantes localizam-se em concelhos que apresentam apenas um ou dois casos, que a DGS contabiliza mas não divulga.

Em Portugal, com Covid-19, há 59.099 casos não confirmados; estão 22.556 situações em vigilância; 5392 pessoas aguardam resultados; temos 1058 doentes hospitalizados (mais 16 que ontem); há 245 estão em unidades de cuidados intensivos (mais cinco que ontem); há 68 casos de doentes recuperados desta doença (o mesmos que ontem); desde 1 de janeiro, o total de casos é de 74.377.

As percentagens diárias de aumento do número de infetados nas 24 horas anteriores, na última semana, têm sido as seguintes: sexta-feira 27 de março 20%; sábado 28 de março 21%; domingo 29 de março 15%; segunda-feira 30 de março 7%; terça 31 de março 16%; quarta-feira 1 de abril 11%; quinta 2 de abril 9%; e sexta-feira 3 de abril 9%.

Finalmente, a Rádio Campo Maior renova os conselhos fundamentais, neste momento com esta doença: lave as mãos com muita frequência e mantenha-se o mais possível em casa, pela sua saúde, pela saúde de todos os outros!