Zona industrial de Portalegre pode vir a ser alargada

AdelaideTeixeiraOs lotes da zona industrial de Portalegre estão praticamente todos vendidos a empresas que ali se quiseram ou querem, num futuro próximo, instalar.

A presidente da Câmara Municipal de Portalegre, Adelaide Teixeira, revela que estão já só disponíveis dois lotes, sendo que, e segundo a autarca, o município tem procurado “dar dignidade àquele espaço”, através de um conjunto de obras.

“A principal avenida, a Avenida Francisco Fino, vai ser alvo de uma intervenção na ordem de um milhão de euros, para colocar essa via de acesso da zona industrial qualificada, com aquilo que há de mais moderno, a nível de infraestruturas, como esgotos, iluminação, a fibra ótica, para quem ali trabalha, todos os dias, se sinta confortável”, adianta Adelaide Teixeira.

A autarca avança ainda que já está a ser preparado o alargamento da zona industrial, lembrando que é o emprego que faz movimentar as pessoas dentro e fora do território nacional.

Como incentivo às empresas que se queiram instalar na zona industrial de Portalegre, a autarquia reduz quatro por cento o preço do terreno por cada posto criado, até ao limite de 20.