Governo abriu concurso para contratar 482 médicos

MedicoO Governo abriu concurso para contratar 482 médicos que terminaram a especialidade nas áreas hospitalar (346), medicina geral e familiar (120) e saúde pública (16).

Segundo uma nota do gabinete da ministra da Saúde, Marta Temido esta contratação “vai permitir reforçar os serviços hospitalares em 346 postos de trabalho, nomeadamente em especialidades como a Medicina Interna, com 40 vagas, anestesiologia, com 33 vagas, pediatria,28 vagas, ginecologia-obstetrícia, 21, oftalmologia,16, ortopedia,14, entre outras”.

Este ano o Serviço Nacional de Saúde poderá também ser reforçado com mais 120 especialistas em medicina geral e familiar, que permitirão aumentar a cobertura da população com médico de família.

Podem candidatar-se ao concurso os médicos aqueles que foram detentores do grau de especialista na área profissional correspondente e que não detenham relação jurídica de emprego por tempo indeterminado com o Estado.