Barragem de Póvoa e Meadas em Castelo de Vide já está a fazer descargas de água

Paredão Barragem Povoa e Meadas
Foto: castelodevide.pt

A barragem de Póvoa e Meadas, no concelho de Castelo de Vide, atingiu cerca de 81% da sua capacidade máxima e já começou a fazer descargas, uma vez que, devido às condições do seu paredão, não suporta a sua capacidade máxima.

O centenário paredão da Barragem apresenta fragilidades estruturais e, dada a sua antiguidade, “é necessário manter um nível de armazenamento de segurança”, como nos referiu o presidente da Câmara Municipal de Castelo de Vide, António Pita.

Devido a esta instabilidade do paredão, “sempre que chove com grande intensidade, é necessário proceder-se a descargas de água”, garantiu o presidente.

A Barragem de Póvoa e Meadas garante o abastecimento público de água a Alter do Chão, Avis, Crato, Nisa, Gavião, Sousel, Fronteira e Ponte de Sor, oito dos quinze concelhos do Alto Alentejo.

A situação está a ser avaliada pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA) e pelo Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC).