Expomotor termina com balanço positivo

DSC_7222A Expomotor terminou ontem no Centro de Negócios Transfronteiriço, depois de quatro dias em que as empresas da região tiveram oportunidade de promover os seus produtos ligados ao motor.

Depois de encerrada a Expomotor, Rondão Almeida, vereador na Câmara de Elvas, faz um balanço positivo do certame, apesar de esperar mais visitantes. No entanto entende que “se há seis anos que não se fazia uma exposição deste género no CNT é normal que as pessoas se tenham desabituado, e provavelmente não se aperceberam que estava a decorrer o certame”. Para o ano, o vereador pretende reforçar a grandeza da Expomotor, uma vez que os expositores expressaram essa ideia e vontade”. Rondão Almeida afirma ainda que a Expomotor gerou saldo positivo para a autarquia, uma vez que cada expositor pagou o espaço do seu stand”

Para o vereador na Câmara de Elvas, “é uma responsabilidade da autarquia promover certames deste género, de forma a atrair mais pessoas a Elvas e também para promover o que de melhor existe no nosso concelho”. E afirma que “o próximo será muito melhor” do que este que terminou ontem.

A nossa reportagem falou com Luís Dias, de Borba, que levou a sua coleção de miniaturas Ferrari até à Expomotor, de forma a “dar a conhecer a história da Ferrari”.

João Figueira, do stand Karvibra enalteceu a iniciativa, pelo facto de “atrair mais pessoas a Elvas e também para os comerciantes”. Paulo Tomaz, gerente da Nabeirauto considera que “é sempre bom participar neste tipo de certame de forma a dar a conhecer os veículos comerciais e de passageiros.”

A primeira edição da Expomotor que decorreu durante quatro dias no Centro de Negócios Transfronteiro em Elvas.