APPACDM de Elvas procura “Equipar para Incluir Melhor”

AntónioEscarduça2017No sentido de adquirir mobiliário, equipamento de reabilitação, informático e de transporte, a Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM) de Elvas tem em curso o projeto “Equipar para Incluir Melhor”, no âmbito do programa Alentejo 2020.

De acordo com o presidente da instituição, António Escarduça, este é um projeto que tem em vista “a melhoria a qualidade de vida” dos cerca de 60 utentes do Centro de Atividades Ocupacionais.

Equipamento informático e mobiliário são algumas das principais lacunas da instituição que, com este projeto, serão colmatadas. Adquirir uma nova viatura, para substituir uma das mais antigas da instituição, é também um dos principais objetivos da APPACDM.

António Escarduça esclarece que o projeto “Equipar para Incluir Melhor” tem um custo total de cerca de 130 mil euros, financiado, na sua grande maioria, por fundos comunitários. Escarduça assegura ainda que o apoio das autarquias de Elvas e Campo Maior têm sido imprescindíveis, estando ambas sempre do lado da instituição.

No âmbito deste projeto foram, até ao momento, adquiridas seis televisões e dois cadeirões de posicionamento.