O apoio de um terapeuta ocupacional para lidar com um AVC no Envelhecer Melhor

Laura Cebola 2018O acidente vascular cerebral é a principal causa de morte em Portugal e em todo o mundo estima-se que uma em cada seis pessoas terá um AVC.

Os terapeutas ocupacionais podem ter um papel importante no tratamento de alguém que sofreu um AVC. A terapeuta ocupacional do Centro Humanitário de Elvas da Cruz Vermelha Portuguesa, Laura Cebola, explica que este pode criar um programa individual para ajudar com a recuperação da parte do corpo afetado.

A recuperação de um AVC demora tempo e cerca de um terço dos doentes recupera de um modo significativo no primeiro mês mas um grande número dos doentes fica com sequelas para o resto da vida.

Os acidentes vasculares cerebrais e o papel de um terapeuta ocupacional para a recuperação de alguém que sofre um AVC é o tema desta semana da rubrica “Envelhecer Melhor” com a terapeuta ocupacional do Centro Humanitário de Elvas da Cruz Vermelha Portuguesa, Laura Cebola.