Festival Folclórico Internacional da Extremadura de 10 a 15 de julho

folclore badajoz13julhoO Festival Folclórico Internacional da Extremadura que comemora 40 anos, tem início amanhã, quarta-feira, dia 10 e decorre até 15 de julho, no Teatro López de Ayala, em Badajoz. O evento, que é já uma referência em Badajoz e na região, leva à cidade grandes grupos internacionais de folclore.

Na quarta-feira, dia 10, o programa conta com jogos tradicionais do Kenia (Nairobi Dance Ensemble) e Russia, no Paseo de São Francisco, às 10 horas. Durante a tarde há atuações em Garrovilla, Valdelacalzada, e San Vicente de Alcántara.

Na quinta-feira, dia 11, há um desfile dos grupos que participam, que tem início na Avenida do Colón, passa pela Calle Menacho, Calle Francisco Pizarro, Calle Virgen de la Soledad, Praça de Espanha e termina no paseo de San Francisco. Às 21 horas decorre a cerimónia de abertura e a primeira gala com a participação da Associação de coros e danças da Extremadura de Badajoz, Benin (Super Angels Hwendo Na Bua) e India (Nrutyeshwar), no Teatro López de Ayala, em Badajoz.

Na sexta-feira, dia 12, está marcada uma receção oficial às 11 horas no Ayuntamiento de Badajoz e uma mostra de folclore na Praça de Espanha. A Gala dos grupos “La Besana” de San Vicente de Alcántara, com o Rancho Folclórico de Fajarda, de Portugal, e Rusia, no Teatro López de Ayala. As atuações decorrem em outras localidades, em Castuera atuam os Super Angels Hwendo Na Bua, de Benin, em Calamonte os Nrutyeshwar, da India; e no Pueblonuevo del Guadiana o Nairobi Dance Ensemble, do Kenia.

“Ven a bailar con los grupos del Festival” é o evento que decorre sábado, dia 13, às 11 horas, no Paseo de San Francisco, onde todos os grupos convidam o público a dançar com eles. Às 21 horas decorre a Gala de Coros e Danças Lola Torres Jaén, Kenia (Nairobi Dance Ensemble), Asociação de Coros e Danças Extremadura de Badajoz. O grupo Acetre Folk Bilingüe – Oficial encerra esta gala em Badajoz, em que o seu repertório baseia-se na criação e renovação musical sobre a rica base tradicional hispano portuguesa, e é formado por músicos e vozes de grande qualidade com uma vasta experiência.

Já na segunda-feira, dia 15, à tarde há atuaçãoe sem diversas localidades, como Torreorgaz, India (Nrutyeshwar) y Kenia (Nairobi Dance Ensemble); na  Fuente de Cantos: Rusia (Belogorie); e Oliva de la Frontera, Benin Super Angels Hwendo Na Bua.