Bombeiros de Campo Maior preparados para mais uma fase crítica de incêndios

DSC00784Para fazer face a mais uma fase crítica de incêndios, os Bombeiros de Campo Maior contam, este ano, com uma equipa de intervenção permanente.

Nuno Cunha, subchefe dos Bombeiros de Campo Maior, explica que esta equipa estará ao serviço, 24 horas por dia, de 1 de junho até 30 de setembro. Para além da equipa de intervenção permanente, os soldados da paz campomaiorenses vão ter também uma equipa de combates a incêndios rurais no ativo.

Apesar de um parque automóvel antigo, apenas com um veículo recente, Nuno Cunha revela que os bombeiros de Campo Maior estão bem servidos de equipamentos de proteção individual.

O subchefe dos bombeiros de Campo Maior adianta ainda que três de cinco bombeiros estagiários prestam provas, em Portalegre, a 31 de maio e 1 de junho, pelo que, se tudo correr como esperado, a Associação Humanitária passará, a partir dessa altura, a contar com 35 bombeiros.