Arte Pública já pode ser vista no “instagram”

Foto: Diana Mendes/Gerador/Fundação EDP
Foto: Diana Mendes/Gerador/Fundação EDP

Na plataforma de redes sociais instagram já é possível ver as fotos dos Instameet do programa Arte Pública desenvolvido em Campo Maior.

O programa Arte Pública no Alto Alentejo teve início em 2015 e interveio em diversas localidades tais como Campo Maior, Ouguela e Degolados.

Para além das obras de arte os instagramers também foram convidados a conhecer percursos pedestres, a Adega Mayor, o Museu do Café, a vila de Campo Maior, a sua gastronomia e as suas gentes.

Maria José Paços, Zé Passos no instagram, acha que este tipo de iniciativas são muito importantes.

Margarida Pereira, Margarida Reis Pereira no instagram, diz que é ótimo chamar pessoas para ver Arte Pública.

Já foram realizadas onze intervenções artísticas e um workshop com a população. Dessas onze intervenções, nove são em Campo Maior, uma em Ouguela e outra em Degolados.

A vereadora da cultura de Campo Maior, Vanda Alegria, conta que o contacto entre a população, os instagramers e o artista é bom para todos.

O presidente da freguesia de Degolados, Florival Cirilo afirma que este tipo de iniciativas são importantes para a população.

Os autores das obras são Luís Silveirinha, André Calado, Luís Managem e André Clérigo. Aos artistas juntaram-se cinco estudantes de artes de Campo Maior, Maria Ciobanu, Maria Sarrato, Ana Rijo, Alexandre Gaita e Carlos Cardoso.

Em Campo Maior foi desenvolvida uma parceria entre a Associação Coração Delta e o programa Arte Pública. O técnico comunitário da Delta, Miguel Paula Campos, explicou porque a Delta decidiu juntar-se ao programa Arte Pública.

O programa Arte Pública pretende usar a arte como instrumento de inclusão social. Está orientado para territórios de baixa densidade populacional e promove o acesso à arte e o envolvimento da população em novas experiências culturais.