Requalificação das muralhas a bom ritmo

Requalificação Muralhas Campo Maior Martir Santo (22)A Direção Geral do Património Cultural abriu o procedimento para classificar o Castelo de Campo Maior, como Monumento Nacional.

Este procedimento tem em vista abranger todo o castelo, incluindo as fortificações medievais e modernas, em Campo Maior, freguesias de São João Baptista e Nossa Senhora da Expectação.

De momento realizam-se obras nas muralhas de campo maior que seguem a bom ritmo.

A Rádio Campo Maior foi à rua perceber a opinião dos campomaiorenses que olham para a requalificação com bons olhos, apesar de alguns sentirem que devia ter acontecido mais cedo. Como é o caso de Francisco Delgado.

“É uma mais valia para a vila, devia era ter sido mais cedo, não pode ser, é agora”, disse.

A igreja de Mártir Santo é também alvo de obras. Foi o local de nascença de Joaquim que vê com alegria esta intervenção e espera no futuro ver turistas a passar naquele local.

“Eu nasci no Mártir Santo, era uma pena ver aquela zona naquelas condições, espero que agora os turistas a possam visitar”, referiu.

Esta é uma requalificação que incide numa área total de 16 hectares.

A obra tem um custo de cinco milhões de euros de investimento comparticipado.

Oiça mais declarações nos noticiários