Arte rupestre em Elvas alvo de uma 2ª análise para salvaguarda de património

Recentemente foram descobertas algumas gravuras que se acredita serem de arte rupestre, nas margens do rio Guadiana, em Elvas.

De acordo com Nuno Mocinha, Presidente do Município, em breve a Direção Regional de Cultura do Alentejo em colaboração com a Câmara de Elvas vão proceder a uma segunda análise, e posterior publicação, para que estas descobertas fiquem protegidas do ponto de vista da salvaguarda de património.

Nuno Mocinha salientou ainda que “há muitas pessoas” que visitam Elvas e questionam onde podem encontrar as gravuras nas margens do Guadiana.

As gravuras consideradas por vários especialistas e arqueólogos  como sendo da época pós-paleolítica, foram encontradas por um antigo militar espanhol, Joaquin Larios Cuello, na zona da ponte da Ajuda, no concelho de Elvas.