Filhos de Embaixador do Iraque condenados por “homicídio na forma tentada” ocorrido em Ponte de Sor

93728cdbcf73ece15962bd85ec7b42ab_XLO Ministério Público de Évora deduziu a acusação para julgamento por tribunal coletivo contra os dois filhos do Embaixador do Iraque, imputando-lhes a prática de um crime de homicídio na forma tentada.

De acordo com a acusação, “os factos ocorreram no dia 17 de Agosto de 2016 na localidade de Ponte de Sor.”

Segundo a acusação, “os arguidos, na sequência de uma discussão e confrontos físicos anteriores, agrediram de forma violenta a vítima, derrubando-a e atingindo-a com murros e pontapés direcionados em especial à cabeça e à face, deixando-a inanimada e só devido à pronta intervenção médico-cirúrgica não sobreveio a morte.”

O inquérito foi dirigido pelo DIAP de Évora – 1ª secção, na sequência de deferimento hierárquico de competência para o efeito, coadjuvado pela Polícia Judiciária.