RLIS de Campo Maior no “À Conversa Com”

rliscampomaiorA Rede Local de Intervenção Social (RLIS) de Campo Maior foi criada em janeiro do presente ano e, até ao momento, mais mil pessoas já procuraram este serviço de atendimento.

A Santa Casa da Misericórdia de Campo Maior lançou o projeto há cerca de oito meses e desenvolve esta rede em parceria com várias entidades.

Teresa Jorge, coordenadora da equipa técnica do RLIS, esclarece que esta rede é, “uma medida de política social, a nível nacional, e aqui no concelho de Campo Maior é a Santa Casa da Misericórdia a entidade promotora de uma plataforma colaborativa que envolve várias entidades”.

Teresa Jorge, adianta que, “tem sido um trabalho bastante positivo porque até esta data já fizemos mais de mil atendimentos, estamos a trabalhar diariamente com cerca de 60 famílias, estamos com oito meses de execução deste projeto e tivemos que nos candidatar a uma medida do Portugal 2020 para desenvolver este projeto a nível do concelho de Campo Maior. É uma iniciativa inovadora e uma medida de proximidade à população e de acompanhamento às pessoas que em qualquer situação da sua vida tenham necessidade e algum tipo de apoio”.

Mara Eustáquio, assistente social do RLIS, revela que, “as famílias que nos procuram atravessam períodos menos bons, a grande problemática que nos surge é o desemprego, que nos traz ausência de rendimentos, mas, o isolamento social e a carência alimentar são também algumas das problemáticas mais frequentes”.

Este espaço conta com um pólo em Ouguela e outro em Degolados, onde os técnicos do RLIS se deslocam para atender os utentes.