Em dia de aniversário Joaquim Mourato diz que “ESAE é uma referência a nível nacional”

_dsc0013 A Escola Superior Agrária de Elvas (ESAE) assinalou hoje, dia 14, os 20 anos de atividade ao serviço do ensino superior na cidade. A 14 de outubro de 1996 foi dada a primeira aula nesta escola, na Herdade do Reguengo, no antigo departamento de olivicultura.

Na sessão comemorativa dos 20 anos da ESAE marcaram presença, José Rato Nunes, atual diretor da instituição, António Cipriano Pinheiro, membro do Conselho Técnico-Científico, Joaquim Mourato, Presidente do Instituto Politécnico de Portalegre, Gonçalo Barradas, primeiro diretor da ESAE, Luís Miguel Cardoso, diesae20anos14outretor da Escola Superior de Educação e Ciências Sociais entre outros.

José Rato Nunes, diretor da Escola Superior Agrária de Elvas, adianta que, “temos vindo a crescer ao longo destes 20 anos, conquistamos um lugar quer na cidade quer a nível nacional e nalguns aspetos somos uma escola de referência no nosso país”.

Joaquim Mourato, presidente do Instituto Politécnico de Portalegre, refere que, “este projeto de sucesso no ensino superior foi pensado e concretizado há vinte anos atrás e conseguimos perceber que a Escola Superior Agrária de Elvas é hoje uma referência a nível nacional na área das ciências agrárias”.