GNR de Portalegre detém dez pessoas na última semana

GNR1

Entre os dias 13 e 19 de outubro, o Comando Territorial de Portalegre da Guarda Nacional Republicana efetuou dez detenções e registou 48 ocorrências.

No que diz respeito às detenções, cinco dizem respeito a crime de condução sem habilitação, duas por crime de resistência e coação sobre funcionário, uma por crime de desobediência, uma por crime de tráfico de estupefacientes e outra por mandado de detenção judicial.

Das 48 ocorrências, 16 correspondem a crimes contra as pessoas onde estão englobadas, cinco por crime de violência doméstica, oito por crime de ofensas à integridade física simples, uma por crime de ameaças, uma por crime de devassa por meio de informática e uma por outros crimes contra a vida.

Neste período a GNR registou também vinte ocorrências criminais contra o património, sendo que são uma por crime de roubo por esticão, quinze por crime de furto, duas por crime de dano, uma por crime de outras burlas e uma por crime burla informática.

Na área dos crimes contra a vida em sociedade verificou-se uma ocorrência criminal por crime de subtracção de menor.

No que respeita a crimes contra o estado, verificaram-se três ocorrências, duas por resistência e coação sobre funcionário e uma por crime de desobediência.