Festa Brava de regresso ao Coliseu de Elvas

Corrida21SetembroBastinhasO Coliseu Comendador Rondão Almeida, em Elvas, recebeu na tarde de ontem a primeira corrida de Touros inserida na Feira de S. Mateus.

Em praça estiveram os cavaleiros João Moura, Joaquim Bastinhas (na foto) e Sónia Matias; os grupos de Forcados Amadores de Montemor-o-Novo e Académicos de Elvas; e um curro de touros da ganadaria de Romão Tenório.

João Moura, no final da sua primeira lide mostrou-se “satisfeito e feliz” com uma actuação “boa e que correu bem”. O cavaleiro garantiu que quando vem “a Elvas é sempre com vontade de triunfar”.

A primeira pega ficou a cargo do Grupo de Forcados Amadores de Montemor-o-Novo. Manuel Dentinho foi o forcado de cara que, apenas à terceira tentativa, conseguiu concretizar a pega. Em declarações à nossa reportagem revelou que “podia ter corrido melhor”.

corrida_Coliseu_ElvasJá passava das 18 horas quando o cavaleiro elvense, Joaquim Bastinhas, entrou em praça para a sua primeira lide, dedicada ao seu filho, Marcos Bastinhas. No final, referiu que “a pega não correu como queria porque o touro não foi colaborante”. “No entanto, estou bastante satisfeito com a actuação dos cavalos”.

Os Académicos de Elvas realizaram a segunda pega da tarde, à quarta tentativa e dedicada a Marcos Bastinhas desejando-lhe “rápidas melhoras”, nas palavras do forcado André Bandeiras. “A pega foi rija, foi uma daquelas pegas das quais nunca estamos à espera”, referiu o forcado em declarações à Rádio ELVAS.

Numa tarde com cerca de ¾ de praça preenchidos, Sónia Matias lidou o terceiro touro, com 586 quilos. “Acho que foi uma lide boa, foi um touro fácil e oxalá que o segundo ainda seja melhor”, salientou a cavaleira.

A terceira pega da tarde ficou a cargo de Frederico Caldeira, do grupo de Montemor-o-Novo, tendo sido concretizada apenas à terceira tentativa.

Depois do intervalo, João Moura entrou em praça para uma grande actuação, seguindo-se a pega dos Académicos de Elvas, concretizada à segunda tentativa, por Tiago Caldeira Fernandes.

Na sua última actuação, Joaquim Bastinhas brilhou e encantou os presentes ao som da Banda 14 de Janeiro, de Elvas. Também os Forcados de Montemor-o-Novo brilharam na sua última pega, conseguida à primeira.

Sónia Matias encerrou esta corrida de touros com a lide de um touro “manso” onde a cavaleira considerou que “esteve bem”. Afonso Bulhão, forcado dos Académicos de Elvas, pegou, à primeira, o último touro da noite o que levou o público a aplaudir de pé a sua prestação.