GNR registou 11 acidentes de viação numa semana

GNRO Comando Territorial de Portalegre da Guarda Nacional Republicana registou, entres os dias 18 e 24 de Agosto de 2014, 48 ocorrências. De entre estas, 14 correspondem a crimes contra as pessoas onde estão englobados três crimes por ameaças, quatro por ofensa à integridade física voluntária simples, um de violência doméstica, um por invasão de propriedade e um por difamação.

Neste período a GNR registou também 20 crimes contra o património, sendo que 17 foram por furto e três por dano.

Na área dos crimes contra a vida em sociedade verificaram-se 12 crimes, sendo destes, um por condução de veículo com taxa de álcool superior a 1,20g/l e 10 crimes de incêndio.

Na semana em referência foram efetuadas três detenções: uma por crime de condução de veículo com taxa de álcool superior a 1,20g/l e duas por crime de condução de veículo a motor sem Habilitação Legal.

Registaram-se 11 acidentes de viação, de entre os quais resultaram um ferido grave e quatro feridos leves. O período em que se registou um maior número de acidentes foi das 12h às 16h. O dia com maior número de acidentes foi a segunda-feira dia 18.

No que diz respeito à atividade normal de fiscalização da circulação rodoviária, e às operações especialmente direcionadas para esse efeito em todos os concelhos do distrito de Portalegre, foram fiscalizados um total de 878 condutores/veículos, tendo sido efetuados 830 testes de despistagem de alcoolémia, dos quais quatro apresentaram valor superior ao permitido por lei. Destes, um apresentou uma taxa de álcool superior a 1,20g/l.

Foram também detetadas e autuadas 190 infrações à legislação rodoviária. As infrações mais verificadas dizem respeito ao excesso de velocidade, à não utilização do cinto de segurança, ao excesso do peso de carga em veículos pesados de mercadorias, ao uso do telemóvel durante a condução e a deficiências nos pneumáticos dos veículos.