CÂMARA DE MONFORTE QUER VENDER PATRIMÓNIO MUNICIPAL

GonaloLagem-MonforteO presidente da Câmara de Monforte, Gonçalo Lagem (na foto), quer vender património do município. A medida faz parte de uma estratégia para combater as dificuldades económicas da autarquia.

À Rádio Campo Maior, Lagem, diz-se optimista com a venda do Hotel de Monforte, cuja base de licitação está situada “1 milhão e 200 mil euros”.

O presidente da câmara de Monforte enumerou mais património que pretende por à venda, nomeadamente “venda de terreno por 50 mil euros, conjunto de habitações degradas por 10 a 15 mil euros, entre outros”.

Gonçalo Lagem explicou que as finanças da câmara agravaram-se depois de a Direção Geral das Autarquias Locais (DGAL) ter informado que iria ser feita uma retenção de “20 por cento” nas transferências do Orçamento do Estado, até perfazer 240 mil euros.

Gonçalo Lagem, Presidente da Câmara municipal de Monforte, é o convidado na edição desta semana do “Ponto de Vista”. Para ouvir hoje às 21 horas, na quinta-feira, às 17 horas e no sábado, às 11 da manhã.