AUTARCAS DA REGIÃO PREOCUPADOS COM FUTURO DO HOSPITAL DE ELVAS

O futuro do Hospital de Santa Luzia, em Elvas, esteve em análise na manhã desta sexta-feira, dia 29, na Casa da Cultura da cidade, numa reunião que juntou o vereador Rondão Almeida, que detém o pelouro da saúde no município elvense, e seis autarcas da região.

Presentes estiveram os municípios de Campo Maior, Alandroal, Borba, Vila Viçosa, Estremoz e Monforte.

O Comendador Rondão Almeida alertou para a possibilidade de mudança de classificação do Hospital de Elvas. “Tememos que o hospital passe a ser de Urgência Básica ao invés de Urgência Básica Cirúrgica”.

Esta alteração poderá por em causa a continuidade os serviços de “laboratório, anestesia, cirurgia, internamento, ortopedia e radiologia”, enumerou.

Após este encontro foi criado um grupo de trabalho que irá acompanhar o que se passa no Hospital e Centros de Saúde; será solicitada uma reunião com o Presidente da Administração Regional de Saúde do Alentejo e efetuada uma visita ao Hospital de Santa Luzia.

Autarcas reagem:

reuniao2

Ricardo Pinheiro – Campo Maior: “ Comendador Rondão continua a ter muita força” 

Mariana Silva – Alandroal: “Hospital de Elvas tem serviço eficiente”.

António Anselmo – Borba: “A saúde no concelho tem de ser a que as pessoas merecem”.

Luís Nascimento – Vice-presidente Vila Viçosa: “Perda de valências no Hospital de Elvas será penosa”.

Gonçalo Lagem – Monforte: “Pela continuidade e reforços do Hospital”.

António Serrano – vereador Estremoz: “Hospital de Elvas tem muita qualidade”.