SAÚDE: INOPERACIONALIDADE DA VMER DE ÉVORA PREOCUPA UTENTES

vmerO Movimento de Utentes da Saúde Pública (MUSP) de Évora revela preocupação com a prestação de socorro naquele distrito, uma vez que denuncia que na sequência da “inoperacionalidade da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER)” a assistência aos doentes pode estar comprometida.

A Ordem dos Médicos denunciou que a VMER de Évora está inoperacional em quase metade dos turnos, deixando o distrito “sem nenhum meio qualificado de emergência médica pré-hospitalar”.

A inoperacionalidade da VMER de Évora fica a dever-se à “falta de médicos especialistas para assegurarem este serviço”, refere o MUSP.