ÚItima hora: há ouro no Alentejo

OuroA Colt Resources, empresa mineira canadiana que continua a fazer pesquisas de ouro no Alentejo, na zona de Montemor-o-Novo, acaba de anunciar, em comunicado, que se confirma a existência de resultados positivos em seis sondagens geológicas, realizadas na jazida aurífera de Monfurado.

“Foram identificadas mineralizações de ouro em vários locais da jazida, numa zona com um comprimento de 30 quilómetros”, nota ainda a empresa no comunicado a que o “Expresso” teve acesso.

De acordo com Nikolas Perrault, CEO da Colt Resources, “o programa de sondagens em Monfurado foi concebido para aumentar o nosso conhecimento sobre a jazida que se encontra na concessão de Montemor. Finalizámos este programa e congratulamo-nos por verificar que cada perfuração atingiu a zona mineralizada”.

A Rádio Campo Maior já havia estado em Montemor-o-Novo, aquando do anúncio do início das prospeções.

Ver aqui Fotoreportagem

De acordo com a notícia avançada pelo “Expresso”, há ocorrências de ouro entre os 10 e os 70 metros de profundidade e, por isso, será uma mina a céu aberto.

Na Colt Resources, trabalham já 40 pessoas em permanência, fora os empregos indiretos induzidos pelas empreitadas. Mas quando a mina abrir, o que implica um investimento de 50 milhões de euros, só a Colt vai criar perto de cem empregos diretos.