Academia das Hortícolas de Alqueva

A Cooperativa Agrícola de Beringel e a Empresa de Desenvolvimento e Infraestruturas de Alqueva (EDIA) vão assinar, na próxima terça-feira dia 18, um protocolo para a implementação de uma unidade de demonstração e divulgação de produção de hortícolas.

AlquevaA implementação da Academia das Hortícolas de Alqueva tem como principal objetivo a dinamização da agricultura de regadio associada à pequena propriedade.

Para além da Cooperativa Agrícola de Beringel e da EDIA, são também subscritores deste protocolo a ADP Fertilizantes, Selectis, Plantalgrave, Rijk Zwaan e Monsanto, disponibilizando os fatores de produção fundamentais para o arranque do projeto.

Esta iniciativa pretende avaliar, em conjunto com os agricultores da pequena propriedade, o potencial da produção de hortícolas adaptadas à dimensão económica das suas parcelas. Assim, junto dos agricultores interessados, e dos que já aderiram ao projeto, serão divulgadas culturas, variedades, tecnologias de produção e pós-colheita tendo em vista, numa primeira fase, a sua comercialização no mercado regional.

O projeto está, nesta fase, centrado em Beringel, região abrangida pelo perímetro de rega do Pisão, onde predomina a pequena propriedade e onde, por esse motivo, a adesão ao regadio encontra maiores dificuldades. É objetivo da EDIA promover esta iniciativa noutros blocos de pequena propriedade do Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva, e alargar o leque de produtos beneficiados.

A assinatura do protocolo terá lugar nas instalações da Cooperativa Agrícola de Beringel, na Rua de Santo António, n.º 11, em Beringel, concelho de Beja, às 10.30 horas.