Ministério da Saúde tem estudo: urgências em risco no Alentejo

urgenciaElvas, Montemor e Serpa estão em risco de perder serviços de urgências. A proposta elaborada pela comissão técnica, que avaliou a Rede Nacional de Urgências e Emergências, já foi entregue ao Ministério da saúde e coloca em risco três serviços de urgência no Alentejo. Este estudo técnico enquadra-se no relatório anterior, conhecido no mês passado, e que tinha sido elaborado pela Entidade Reguladora da Saúde.

A Urgência Básica de Elvas pode perder a actividade cirúrgica, enquanto Montemor-o-Novo e Serpa arriscam-se a ficar sem Serviço de Urgência Básica. Porém, perante este risco, o Ministério da Saúde contrapõe que “o relatório é apenas uma proposta e, como tal, vai ser avaliada pelas instituições do Serviço Nacional de Saúde”.

Para lá de Elvas, outros hospitais podem ficar sem cirurgia: Águeda, Lamego, Amarante e Barcelos. Além de Montemor-o-Novo e Serpa, podem acabar as urgências básicas e, Loulé, Lagos, Montijo, Peniche, Tomar, Oliveira de Azeméis, Valongo, Santo Tirso, Fafe e Macedo de Cavaleiros.