TDT: Reunião conclui que todos terão televisão…desde que paguem

TDT-reuniaoRepresentantes de vários municípios do Distrito de Portalegre reuniram ontem, segunda-feira, 18 de junho, com um administrador da PT, para analisar os diversos problemas que a população tem sentido no acesso à Televisão Digital Terrestre num encontro que decorreu à porta fechada na cidade de Portalegre.

Ver aqui fotoreportagem

Falhas de sinal, ou até mesmo a falta de acesso total à televisão têm sido reportadas em várias localidades, afectando uma grande parte da população do Alto Alentejo, factor que tem levantado críticas à PT e ao serviço disponibilizado.

Pedro Marques, deputado Socialista eleito pelo distrito de Portalegre foi o promotor deste encontro que teve como principal objectivo a apresentação dos problemas de cada município na recepção de sinal TDT, e os esclarecimentos da PT em relação a todo este processo.

Pedro Marques apresentou as conclusões deste encontro que passa, grande parte, por “falta

de informação”.

Segundo Pedro Marques, a garantia deixada pela PT é que que “todos” os portugueses terão acesso à televisão, bastando para isso fazer a conversão para satélite…o que terá os seus custos, estanto no entanto previstos subsídios para os idosos e mais necessitados.

Nesta reunião foram apresentados pelos municípios os problemas que as populações têm tido no acesso à televisão, dificuldades que a PT conhecia ainda que em menor dimensão, e que trará para o terreno técnicos para analisar a situação.

Para Alfredo Batista, Administrador da PT, no curto prazo será disponibilizada informação e meios técnicos para que a população possa ter acesso aos canais da TDT, quase 2 meses depois do final da migração.

Armando Varela, Presidente da Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo, fala da importância de resolver os problemas encontrados e garantir que a televisão chega a todos os lares do Distrito.

Segundo Armando Varela o interesse dos portugueses não foi acautelado aquando da decisão de mudança, e há muitos “erros cometidos que dificilmente conseguem ser ultrapassados”, perspectivando, ainda assim, que a curto prazo, a população consiga ver Televisão Digital com tão boas condições como via Televisão Analógica ao longo de décadas. 

O município do Crato tem sido um dos mais afectados com as constantes falhas na recepção de sinal.

Para Luís Pragana, os problemas devem ser resolvidos de imediato, e considera que a PT deve um “pedido de desculpas à população do distrito”.

Recorde-se que o Switch-Off ou desligamento do serviço analógico foi efectuado de forma faseada. Teve início em Janeiro deste ano nas regiões do litoral do país, tendo terminado o processo de transição para Televisão Digital Terrestre no dia 26 de abril, data em que deixou de haver televisão analógica no distrito de Portalegre.