Crises de tipo epiléptico no Cuidar na Demência

RosaliaGuerra2016.jpgA pessoa com demência pode, por alguns instantes, sofrer crises de tipo epilético.

As convulsões são provocadas por uma alteração da atividade elétrica nas células cerebrais. Não se trata de ataques epiléticos. É meramente uma consequência da demência.

Rosália Guerra (na foto), do Gabinete Alzheimer Maior de Campo Maior, refere que “é importante para o cuidador tentar manter a calma não entrando em pânico”.

Quando o ataque chega naturalmente ao fim, dever-se chamar um médico para que este possa determinar a causa.

Crises de tipo epilético são o tema da edição de hoje do programa “Cuidar na Demência”.

Share on FacebookTweet about this on Twitter