Doença dos legionários em debate na Biblioteca Municipal de Elvas

A doença dos legionários, também conhecida por Legionella esteve em debate numa sessão de esclarecimento na biblioteca Municipal de Elvas.

Esta patologia causada pela bactéria legionella é transmitida por via aérea mas não se transmite de pessoa para pessoa. Pode ser contraída por exemplo a tomar duche ou em piscinas.

O debate surgiu com o objetivo de dar formação a pessoas que trabalhem em locais públicos, de modo a prevenir o aparecimento e propagação da doença, de acordo com o delegado de saúde de Elvas, o médico José Martins.

Andreia Simões, técnica de saúde ambiental explica que a formação pretende alertar os operadores que tratam da manutenção dos equipamentos, como aparelhos de ar condicionado, desumidificadores, entre outros,   como devem proceder para diminuir o risco da população contrair a doença.

Marina Fernández, médica interna de saúde pública referiu que o risco de contrair a doença existe sempre em locais com torres de arrefecimento ou fontes ornamentais. Este tema torna-se mais importante em regiões onde há grandes oscilações de temperatura, como é o caso do Alentejo.

O debate sobre a Legionella  realizou-se na Biblioteca Municipal de Elvas, numa parceria entre a ULSNA, a Unidade de Saúde Pública de Portalegre e o município de Elvas.

Share on FacebookTweet about this on Twitter